A hora é sempre agora! O que queremos para a Terra?

Estamos vivendo um momento de manifestação do caos, da violência, do ódio, do individualismo, do poder avassalador, do controle e de tantas outras manifestações sombrias ancoradas na dualidade da mente humana.

O que menos importa neste momento é a sua crença, se é em Deus, em Buda, em Oxalá ou em nada (porque até não acreditar em nada é uma crença de que nada existe), o que importa mesmo agora são as nossas atitudes e onde ancoramos os nossos pensamentos. Aos que precisam da ciência para acreditar em qualquer coisa e a levam como verdade absoluta, a física quântica e a ecologia nos mostram como somos seres interdependentes parte da grande Teia da Vida, o que cada um de nós pratica afeta todo o sistema.  Nassim Haramein (físico) tem compartilhado sua Teoria Unificada sobre a estrutura do universo, desenho de campos como a física teórica, cosmologia, a mecânica quântica, biologia, química e antropologia. Nós poderíamos ser parte de um multiverso, ele observou, no sentido de que o nosso universo é, provávelmente, incorporado em um universo maior, o que em si é incorporado em um universo maior, e assim por diante, escalando até o infinito. Enquanto o mundo material torna-se menos do que 99,9% do nosso universo, o espaço em torno dele não está vazio, já que é um vácuo que é preenchido com energia e só aparece vazio porque está em toda parte, explicou. Haramein sugeriu que toda a matéria organizada a partir de buracos negros para átomos deve compartilhar as propriedades básicas e estruturas em escalas diferentes. Dentro de um único próton está a energia do universo, e uma vez que todos os prótons são conectados (em que é chamado emaranhamento), tudo o que existe é parte de uma unidade, afirmou.   O acesso ao infinito está dentro de nós mesmos, através dos próprios átomos do nosso ser, ele continuou. Assista ao vídeo para conhecer um pouco mais dos estudos de Nassim Haramein:

 

Considerando-se que somos todos feitos de átomos que são preenchidos pela energia universal, por consequência somos todos feitos da mesma matéria, compostos pela mesma energia, portanto, somos apenas pequenas células de um organismo maior formando um grande sistema universal. As nossas atitudes e pensamentos influenciam diretamente esta energia influenciando todo o sistema como ondas de rádio, nos sintonizando com aquilo que emitimos. “O mundo tal qual se apresenta para nós é em grande parte um reflexo da mente. Sendo o medo uma consequência inevitável da ilusão criada pelo ego, é um mundo dominado pelo medo. Assim como as imagens em um sonho são símbolos dos estados interiores e dos sentimentos, assim a nossa realidade coletiva é uma expressão simbólica do medo e das pesadas camadas de negatividade até agora acumuladas na psique coletiva humana.” Eckhart Tolle

Vamos acordar e tomar as rédeas das nossas vidas e nos colocarmos como motoristas da nossa mente, a mente é uma excelente ferramenta que nos ajuda e muito a resolver as questões do dia-a-dia, mas ela é somente para isso: nos ajudar a solucionar problemas e guiada por nós. Quando estamos fora do controle e ela que domina, somos tomados pela dualidade, pela ilusão e por diversas criações mentais, ou seja, problemas que a própria mente cria. Precisamos assumir o controle e nos tornar conscientes dos pensamentos e emoções que passam por nós, é apenas disso que precisamos: estar presentes e atuarmos como observadores dos pensamentos que fluem através de nós sem rotular em bom ou mau, bonito ou feio, apenas observar sem se identificar. A partir do momento que estivermos atentos e conscientes para tomar as nossas decisões e atitudes conseguiremos construir o planeta que queremos.

O que está acontecendo neste momento é uma manifestação das nossas escolhas e atitudes, quando falamos de nos manter ancorados no amor, na harmonia, na verdade, na justiça, na alegria e na luz não estamos dizendo que temos que nos contentar com a atual situação, estamos apenas fortalecendo e enviando ao universo o que queremos manifestar em nosso planeta. Eu tomo as minhas atitudes sempre pensando no que eu gostaria pra mim, por isso não escolho os discursos de ódio e violência. De que tem adiantado toda essa violência, todo esse discurso de ódio e divisão que estamos criando? Me digam…o que mudou? Algo está melhorando? Eu só vejo a cada dia piorar mais.

Vamos meus irmãos mudar nossos conceitos e nossos padrões de comportamento, vamos atuar com consciência e movidos pelo bem coletivo e não pela violência, pelo ego e pelo ódio. Vamos nos afirmar e agir conforme o que queremos para o planeta. Se queremos um planeta mais justo, onde possamos viver em paz, com alegria, harmonia, saúde e oportunidades para todos os seres precisamos nos alinhar para manifestar o que queremos. Esse discurso de ódio e insatisfação só está nos levando a mais tragédia. Vamos ficar atentos e começar já a manifestar o que queremos para a nossa terra.

Sejamos livres como as aves, levando cores e muita alegria ao nosso planeta  e fortalecendo a corrente do amor, só assim vamos conseguir realmente mudar para melhor a nossa querida Terra. A construção do planeta depende de nós, do nosso poder pessoal, não podemos colocar tudo nas mãos dos governantes e esperar tudo deles, os governantes somos nós. Como dizia Gandhi, vamos começar agora a ser a mudança que queremos ver no mundo. Só depende de nós.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s